Home > NOTÍCIAS > França processa a Apple e o Google por práticas de desenvolvedores “abusivas”

França processa a Apple e o Google por práticas de desenvolvedores “abusivas”

A França está levando o Google e a Apple ao tribunal sobre práticas de desenvolvedores de aplicativos “abusivos” e podem impor milhões de euros em penalidades. O ministro das Finanças, Bruno Le Maire, disse à RTL que o governo tem um problema com as condições onerosas que os gigantes da tecnologia imporam às startups francesas. “Quando os desenvolvedores querem vender aplicativos com o Google ou a Apple, eles devem pagar uma taxa”, disse ele. “Mas a Google e a Apple também coletam dados e podem alterar unilateralmente os termos do contrato. Tudo isso é inaceitável”.

Ele acrescentou que a França quer fechar as lacunas que permitem que Google, Apple, Facebook e outros gigantes da tecnologia evitem impostos sobre os bilhões de dólares de receitas que eles coletam no país. “Queremos ser capazes de tributar as empresas de tecnologia gigante na Europa a partir de 2019”, disse Le Maire.

A França processou a Google em 2016, exigindo US $ 1,7 bilhão em impostos atrasados ​​e recusou-se a se contentar com uma quantidade menor, como o Reino Unido . No entanto, um tribunal francês julgou favorável ao Google, dizendo que obedecia as leis européias e não teria que pagar uma moeda de dez centavos (o governo prometeu apelar). A França e a Alemanha, as maiores forças econômicas da UE, também estão em uma cruzada para mudar as leis européias que permitem que as empresas abrigem ganhos em países com os impostos mais baixos, como a Irlanda.

A França também está processando a Apple pelo fato de que abrandou os iPhones para preservar as baterias sem informar os consumidores, chamando-a de uma forma de obsolescência programada. A nação recentemente promulgou leis proibindo aparelhos que são projetados com vidas limitadas que estimulam o desperdício e o excesso de consumo. As penalidades podem incluir multas e até mesmo acusações criminais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *